sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Tribuna Popular traz o tema veganismo e a exploração animal

Fotos: Guilherme Almeida/CMPA
Protetoras Taís e Fabiana com vereadores
A Tribuna Popular da Câmara de Vereadores de Porto Alegre desta quinta-feira (3) foi ocupada pelo Movimento de Defesa Animal do Rio Grande do Sul (MDA), que apresentou o tema Veganismo na atualidade como filosofia de não exploração animal. A presidente Fabiana Ribeiro e a vice-presidente Taís Pereira mostraram as ações do MDA  e valorizaram o espaço que tiveram na Tribuna do Legislativo para divulgar o movimento. O vegano procura excluir todas as formas de exploração e crueldade contra animais na alimentação, vestuário e em qualquer outra finalidade. 

As protetoras realizam feiras veganas para difundir esse tipo de alimentação, que dispensa todos os produtos derivados em parte ou totalmente de animais. A renda com as feiras contribui para as ações que a ONG pratica nas vilas, resgatando animais e promovendo campanhas de esterilização.

Como defensora da causa, a vereadora Lourdes Sprenger (PMDB) parabenizou a atuação das protetoras, lamentou pela falta de políticas públicas eficientes para a proteção dos animais e lembrou que apresentou projeto de lei, aprovado na Casa, incluindo o Dia do Vegano – comemorado em 1º de novembro – no Calendário de Datas Comemorativas e de Conscientização do Município de Porto Alegre. A intenção da vereadora foi  colaborar para gerar mais ações que conscientizem a população quanto aos benefícios da alimentação vegana, “motivando escolas, empresas e grupos a adotarem essa prática saudável”.