quinta-feira, 14 de março de 2019

ACUMULADORES FOI TEMA DE DEBATE NA CÂMARA

Na reunião sobre “Acumuladores e Direitos Humanos”, proposta pela vereadora Lourdes Sprenger, foram apresentadas as situações das pessoas que sofrem do distúrbio de acumulação de coisas e animais, e o que o pode ser feito pelo poder público para minimizar o problema. 
Diversos especialistas falaram das experiências, dos aspectos físicos, psicológicos e da dificuldade de lidar com a negação do problema para quem é acumulador. Os vereadores da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh), da Câmara Municipal de Porto Alegre, aprovaram os encaminhamentos ao Executivo a reativação do Grupo de Trabalho interdisciplinar para implementar políticas públicas de atendimento às pessoas vítimas deste distúrbio, e campanha de alerta como prevenção. O encontro foi na Câmara de vereadores da capital, em 14/3.


Participaram da reunião:

- Rafael Mazzini- Psicólogo e Assessor Técnico da Saúde Mental Secretaria Municipal da Saúde;
- Silvia Ethel Mendonça - Coordenadora do programa Moradia Primeiro;
- Tânia Barbosa – Coordenadora Geral do Direitos dos Animais, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente; 
- Daura Zardin - médica veterinária do Departamento Geral de Vigilância Sanitária de Porto Alegre;
- Vitorino Mesquita - Agente de Fiscalização, do Departamento Geral de Vigilância Sanitária de Porto Alegre;
- Guilherme Peterson – Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS).

Outras informações: